Exercício 1: Quais são seus pensamentos ao observar os dois conjuntos de fotos, em termos de polarização da sociedade brasileira e dos caminhos da democracia?

Home Fóruns Perspectivas feministas sobre a democracia brasileira Exercício 1: Quais são seus pensamentos ao observar os dois conjuntos de fotos, em termos de polarização da sociedade brasileira e dos caminhos da democracia?

Visualizando 36 respostas da discussão
  • Autor
    Posts
    • #7040

      Quais são seus pensamentos ao observar os dois conjuntos de fotos, em termos de polarização da sociedade brasileira e dos caminhos da democracia?

    • #7193
      alinegcoutos
      Participante

      As fotos me remetem aos porquês desta polarização ter crescido nos últimos anos. A celebração da diversidade e das minorias pela esquerda no Brasil e a disputa política por atores que representem essa diversidade incomoda àqueles que, desde sempre, participaram dos espaços de poder, que interpretam a entrada de pessoas que nunca foram representadas como perda para eles.

      • #7242
        REJANE MATOS
        Participante

        As fotos carregam significativo simbólico que apontam mudanças comparadas aos acontecimentos dos últimos quatro anos de governo no Brasil. Determinam o quanto é importante uma governabilidade plural, diversa, inclusiva e respeitosa em contraste com as disputas por hegemonias minoritárias de brancos, hetero, cisnormativos, preconceituosos, moralistas, atentos à manutenção no poder para seguir marginalizando e perpetuando opressões que os mantem com status e privilégios.

      • #7245

        Penso que o Brasil precisa estar em permanente estagio de vigilha, mesmo com a conquista do governo democrático do Presidente Lula, ainda existe a ameaça da extrema direita e essa ameaça é real, pelo número de eleitos e pela parcela da sociedade que se identifica com as propostas conservadoras

      • #7261

        Vejo a polarização política com um dos maiores problemas que a democracia brasileira terá que enfrentar e lutar para que a esquerda não perca os direitos já conquistados, pois, tanto os partidos de direita e extrema direita não estão nenhum pouco preocupados com a política de inclusão das classes minoritárias, tampouco com a formação de um país mais igualitário. Por trás do discurso dos políticos da direita, está a manutenção sistemática da corrupção, desvio de verbas públicas, que perpetua a falência da educação, da saúde e segurança pública.

      • #7262

        Vejo no conjunto de fotos o quanto a democracia corre grande perigo e a polarização política no Brasil se transformou num dos maiores problemas que teremos que enfrentar, uma luta de classe e de sobrevivência para que a esquerda não perca os direitos conquistados. Tanto a direita quanto a extrema direita não estão nenhum pouco preocupados com a política de inclusão das classes minoritárias, tampouco com a formação de um país mais igualitário. Por trás do discurso de ódio da direita, esconde a manutenção sistemática da corrupção, desvio de verbas públicas, o que perpetua a falência da educação, da saúde e segurança pública. Não é por acaso que os países subdesenvolvidos, autoritário e corruptos não valorizam, nem promovem a educação de seu povo. A cegueira é muito importante para esse tipo de governo.

      • #7266
        Virginia Lazzarini
        Participante

        A manutenção da democracia é fundamental para o Estado de Direito onde os 3 poderes devem agir como o sistema de freios e contrapesos.

      • #7268
        Virginia Lazzarini
        Participante

        A manutenção da democracia é fundamental para o Estado de Direito onde os 3 poderes devem agir como o sistema de freios e contrapesos. O autoritarismo, o militarismo e, por fim, a ditadura não tem mais lugar neste país. Precisamos investir em educação para formarmos uma geração de brasileiros pensantes e questionadores.

      • #7284
        Matilde
        Participante

        As fotos revelam um país dividido entre o desejo de construção de uma sociedade mais justa e democrática e a intolerância

      • #7288
        Gizzellesp
        Participante

        É um disparate tanta diferença de atitudes! Nem parece que as fotos são da mesma época! Infelizmente nem na Ditadura vimos cenas tão deploráveis de criaturas tão à parte da realidade! Essas cenas de cegueira perante a Democracia, sob a qual vivem, é lamentável! Triste demais e inacreditável! Mas a superação incorporada e colocada em prática na Posse com tanta criatividade e inspiração inclusiva recuperou rapidamente a esperança em dias melhores! Sempre em frente e à frente! Retrocesso Não!!!

      • #7294
        Maria Basaglia
        Participante

        Eu fiquei temerosa de que não houvesse reação aos avanços da extrema direita. Quando as instituições se manifestaram e depois do resultado das eleições eu fiquei um pouco mais tranquila. Só um pouco, porque o novo governo e suas demonstrações de democracia serão incipientes caso não haja ações efetivas para o cumprimento da Constituição, das leis, de um orçamento que gere mais justiça social. O novo governo é fruto de uma coalisão para vencer o retrocesso, o que não significa que avançará tão rápido quanto gostaríamos. Existem interesses do capitalismo financeiro conduzindo esse tabuleiro e manipulando o Congresso Nacional e a mídia.

      • #7308
        Rosane
        Participante

        Considero preocupante, esta polarização, para a democracia.

      • #7310
        Leilane
        Participante

        Remetem-me a fatos de efervescencia politica. As formas e causas pelas quais as pessoas se organizam e atuam fazendo historia. Representa a polarizacao política atual.

    • #7205
      Priscila Pinheiro
      Participante

      Refletindo sobre as imagens acima, observa-se a polarização como discursos políticos que resistem ao diálogo, sendo perceptível a divisão da sociedade em pólos opostos, criando disputas que chegam a atos violentos. As imagens acima mostram situações em que atos violentos são trazidos para atentar contra a democracia, mostrando a tensão política ocasionada pela falta de tolerância e diálogo, entre polos opostos, mas há também imagens que remetem ao ato democrático de posse de presidente eleito pela maioria da população e que traz em seu ato o respeito e visibilidade da diversidade da sociedade brasileira. A democracia deve, portanto, ser pautada na discussão de ideias e apresentação de propostas, respeitando as regras em comum e a legitimidade dos adversários, pautada na tolerância e diálogo, sendo este o caminho a ser trilhado para a garantia da efetividade democrática neste país.

    • #7206
      Zeza Lopes
      Mestre

      As fotos demonstram relações de poder antagonigas! De um lado um poder político antidemocrático, racista, machista, misógeno, representado pela extrema direita, defendendo interesses do capital internacional, utilizando mecanismos de manipulação de massa através das fake news, resultado de golpes em cima de golpes, provocando o maior retrocesso nos direitos civis e humanos, na história do Brasil. Do outro lado, capacidade de resiliência e luta para defender e resgatar direitos duramente conquistados, representado por uma esquerda sofrida e líderes que tranformaram a dor da injustiça em aprendizados e lucidez para reconduzir, reconstruir, o Brasil para quem vive por meio do fruto do seu suor, e acredita na ciência, na justiça e na solidariedade.

    • #7207
      Zeza Lopes
      Mestre

      Indignação! Mas olhando para as lições aprendidas. Uma delas: sem investir na formação política de nossas comunidades, a força das fake news prevalecem na mente de uma massa desinformada e facilmente manipulada. É assustador! Como disse o mestre Paulo Freire, a cultura da violência é sustentada pelos astutos – lobos em pele de cordeiro -, que manipulam os inocentes úteis para que defendam o seu opressor de forma cega e absurda, sem se dar conta que estão sendo levados para o matadouro. Por isso, precisamos manter nossa capacidade de organização e formação política feminista, pautada na cultura da Paz, mas uma Paz que não se submete, mas enfrenta com valentia e determinação seu opositor, afim de garantir a governabilidade do presidente Lula que foi reconduzido ao poder, mas conta com a nossa força de luta para fazer frente à um congresso constituído por uma maioria de direita.

    • #7212
      GiseleSouza
      Participante

      Ao observar as imagens, é possível perceber a polarização política no Brasil. São ideias totalmente diferentes umas das outras que estão ali presentes, de um lado de quem prega o racismo, a misoginia, negação da educação, da saúde, a morte, o crime e de outro, um governo que caminha com seu povo. Temos fotografias dos atos golpistas de 8 de janeiro, numa falta de respeito pelas instituições nacionais e pelas eleições, pessoas totalmente alienadas por uma chuva de fake news que foram acontecendo durante os últimos anos e do outro lado, a posse do atual presidente do país, que foi eleito democraticamente, numa festa da democracia, com o povo brasileiro em suas cores e diversidades, numa imagem de esperança, depois dos anos com Bolsonaro no poder.

    • #7217
      Fatima
      Participante

      A impressão clara, de que há uma forte contradição entre ambos os grupos , visto que a fúria dos verde/amarelo foi construída para dissipar a força e a luta dos vermelhos. Porém, me senti muito mais satisfeita ao observar as imagens coloridas que representam a miscigenação do povo brasileiro, bem como, as suas diferenças e unidade ao mesmo tempo.

    • #7240
      Lucilene Cruz
      Participante

      As primeiras fotos episódio antidemocracia, lamentável e terrivel de ver, pois sai do parametro que temos de sociedade e democracia onde a liberdade que foi colocada virou abuso. E o segundo momento onde temos um governante que está com a sociedade em si querendo o melhor para a população, totalmente o oposto uma foto da outra! lamento que ainda tenha tanta gente ligada a uma inverdade, falsidade de ideias, mascarados antes e depois pura maldade. Eu fico sem palavras por ver tanta barbaridades ocorridas! Vida a democracia, a liberdade e os sonhos que pretendemos realizar

    • #7246
      Edilaine Cesar
      Participante

      Observar as imagens me traz a tona a divisão política, econômica e social que o Brasil vive, assim como, as relações de poder estabelecidas de um lado pela violência que se acentuou nos últimos anos e do outro, a possibilidade das vozes apagadas nos últimos anos voltarem a ser ouvidas pelo poder público.

    • #7247
      Leticia Garces
      Participante

      São bastantes antagonicas e dialeticas, de um lado um modelo de sistema e sociedade e de outro um modelo estabelecido e reproduzido nas engrenagens do sistema patriarcal, heteronormativo, branco, sexista, neoliberal de opressão e violencia contra o diferente e a minoria.

    • #7250
      SabrinaAbbas
      Participante

      As quatro primeiras fotos são do vergonhoso atentado terrorista que aconteceu no dia 08 de janeiro de 2023. Vergonhoso por que representam um grande ataque a nossa democracia, já tão fragilizada após um mandado inteiro do (ainda bem!)ex-presidente Bozo. Ainda mais num Brasil que sofreu duras penas por pura irresponsabilidade na condução de uma pandemia mundial. O ataque de 8 de janeiro representa uma pequena parcela da população, que foi inebriada com tanto discurso de ódio desde o golpe em que nossa ex-presidenta do Brasil, Dilma Rousseff quando sofreu um impeachment.
      As quatro ultimas fotos representam a retomada da nossa democracia, tão fragilizada, com um governo eleito democraticamente e altamente representativo a todas as pessoas. O governo Lula representa o governo com olhar para todas, todes e todos: mulheres, indígenas, negras, Pessoas Com Deficiência, pessoas trans e tantas outras. Essas fotos da posse do Presidente Lula representam o extremo compromisso em respeitar a dignidade de todas as pessoas brasileiras, entendo suas individualidades e retomando a Bandeira do Brasil como um símbolo do país e não de um governo fascista.

    • #7251
      Suelem Lima Benicio
      Participante

      O conjunto das fotos e a polarização ideológica que elas nos aponta em termos estéticos e de representação sintetizam um disputa estruturante da fundação do que chamamos de “nação brasileira”. Temos momentos de maior avanço e onde conseguimos estabelecer um caminho mais progressista, mas precisamos lidar com o fato de que existe no Brasil um conjunto da população que não é favorável a democrática e a equidade como o princípio norteador da organização do estado. Menciono isso para que tenhamos em mente de que a disputa não cessa e que ela é e deverá ser feita em todos os espaços de forma permanente.

    • #7255
      Vera Vieira
      Mestre

      -educadora-

    • #7256
      Vera Vieira
      Mestre

      -educadora-

    • #7259
      felipesm
      Participante

      A polarização é comumente noticiada e discutida como algo desnecessário, prejudicial. Porém, muitos esquecem, ou não entendem, que a extrema-direita não deve ser tratada como um campo político válido dentro de uma democracia.
      Discordar sobre como tornar o país um lugar mais justo, em que todos têm o direito a viver uma vida digna, é algo normal, que, normalmente, leva a discussões saudáveis e respeitosas. Entretanto, a extrema-direita e o conservadorismo partem da ideia de exclusão sistêmica de certos seres humanos, imediatamente descartando os conceitos de respeito e tolerância.

    • #7264
      marianalicori
      Participante

      A polarização não é exclusiva da sociedade brasileira e o crescente novo acesso da direita e ultra-direita ao poder em diferentes países e continentes permitiu que isso também acontecesse no Brasil que é um território altamente influenciado culturalmente por países europeus e Estados Unidos.
      Além disso, ao mesmo tempo, que as redes sociais permitem que grupos democráticos encontrem espaço para discussão e mobilização temos que entender que, infelizmente, também é um frutífero campo para que ideias neo-nazistas e neo-facistas também sejam propagadas. Sendo assim, acho que a discussão tem que ser ampliada para como usamos a Internet e como a educação básica está sendo exercida (e não só no Brasil).

    • #7270
      Monica Pita
      Participante

      Mmm

    • #7274
      vittoria
      Participante

      As fotos escolhidas para o exercício, para mim, caminham muito longe de uma noção de polarização, no sentido de que, não há dois extremos nesses dois conjuntos, apenas um. A polarização existente no atual cenário político do Brasil (e do mundo também) é algo construído, e muito alimentado, principalmente por essa extrema direita fascista, que procura colocar tudo que é diferente dela como esquerda radical. As imagens da tentativa de golpe do 8 de janeira falam sobre esse extremismo, essa construção na mentalidade de muitos brasileiros de um cenário que não condiz com a realidade concreta. Mas, além da construção da mentalidade, traz também o posicionamento político e social de muitos cidadãos, que se veem livres para proferirem todo tipo de opinião e ideias racista, homofóbicas e misóginas que eles possuem. Na outras fotos vejo um governo eleito, que procura utilizar do poder das imagens para demonstrar seus interesses para com o povo brasileiro, especialmente após os 6 anos de sucateamento, mortes e falta de governança. Não me passa extremismo, e sim reconstrução, de uma forma democrática, por meio da ciência, da razão e da participação popular.

    • #7279

      Há um misto de sentimentos e reflexões. As fotos me tocam dois momentos importantes da história recente. Para esta incursão, divido esta resposta em dois momentos: o primeiro, uma série de inquietações, preocupações e reflexões, afinal, existiria os atos antidemocráticos com a ascensão do governo anterior? Teríamos tantos ataques às instituições e sobretudo, à democracia? Teríamos uma série de desmontes de políticas públicas, já consolidadas, onde o Brasil era referência internacional, tais como a política nacional de imunização Vivemos tempos sombrios, tempos que quase barbárie. Assustador. Um pesadelo, confesso. Neste contexto de incertezas, desmontes e medo de perder à vida em razão de um posicionamento de enfrentamento, seja ele na família, na roda de amigos(as) ( onde nós chegamos!!!), o segundo conjuntos de fotos, foi um sinônimo de alívio, mas de preocupação, de esperança, mas ao mesmo tempo, a necessidade URGENTE, de construir novas estratégias de manutenção da civilidade, democracia, vida em sociedade. A mudança de governo, representou pluralidade, democracia, mas ao mesmo tempo RESPONSABILIDADE em contribuir com este novo governo para que possamos reconstruir o país, as relações, as políticas públicas. O momento ainda exige de cada um (a) de nós perseverança, persistência, estratégia e sobretudo, união de todos e todas.

    • #7280
      lclima1
      Participante

      Como buscar os caminhos para a democracia quando há uma polarização tão gritante em nossa sociedade? O que me vem a cabeça está na discussão de como o poder executivo conseguirá driblar as condições de nosso Congresso sendo ele tão conservador. Essas imagens expressam a singularidade e poder do fascismo e bolsonarismo em um momento de necessidade de avanço da democracia. A democracia necessita novamente ser fortalecida e a partir disso, o combate a ideologias conservadoras e fascistas necessitam ser um enfoque necessário para a garantia dos direitos humanos, sociais, políticos, civis e individuais para todos os seres que habitam esse país.

    • #7281
      Suely Ruiz
      Participante

      As fotos mostram dois momentos recentes bem significativos quais sejam:
      1 – A posse do Presidente Lula eleito de forma democrática pela maioria do povo brasileiro, com uma mensagem clara de superar as desigualdades sociais dando visibilidade aos povos que formam o Brasil: Negros, povos indígenas, mulheres, crianças e adolescentes, e outros.
      2 – Os atos antidemocráticos que ocorreram em Brasília no dia 08 de janeiro de 2023. Orquestrados por segmentos descontentes com o a vitória de Lula nas eleições, que desde a eleição fizeram acampamentos nos quarteis e organizaram com a ajuda de militares e políticos estes atos que colocam em risco a democracia.

    • #7283
      ademara85@hotmail.com
      Participante

      Essas fotos representam não somente dois dos momentos mais relevantes da história brasileira, como reflete uma polarização bastante perceptível na sociedade brasileira. Tal fato gera bastante questionamentos e insegurança em como será o futuro da democracia do país. Quais caminhos serão percorridos a curto, médio e longo prazo?

    • #7291
      Mirella
      Participante

      As primeiras fotos remetem tristeza, violência, dor. As segundas fotos remetem um Brasil com esperança em dias melhores, mas com muitos obstáculos pela frente por causa das consequências das primeiras fotos.

    • #7297
      brunafelicetti
      Participante

      do primeiro conjunto de fotos, triste retrato da ameaça à democracia brasileira, próprio da história política brasileira que, por sua vez, é marcada por sucessivos golpes. retrocesso caracterizado por um forte ideal nacionalista. do segundo conjunto de fotos, o retrato de uma democracia justa à própria história, ao próprio povo, e às suas questões insurgentes. esperança sem que se perca de vista a máxima já dita por muitos antes: a democracia é uma luta constante,

    • #7301
      Bia Avila
      Participante

      As duas fotos simbolizam a polarização ideológica que vivemos atualmente no Brasil.
      De uma lado vemos uma tentativa de ataque à democracia liderada por grupos politicos de extrema direita em uma tentativa em desmontar o Estado Democrático.
      Nas fotos mais abaixo vemos a posse do governo eleito através de processo eleitoral previsto no Estado Democrático. Nas fotos fica bem nítido a presença de pessoas com marcadores sociais da diferença e demonstra o comprometimento (pelo menos aparente) com as diverisidades da população brasileira, simbolizando que todas as pessoas estão tomando a posse desse governo.

    • #7302
      Monica Pita
      Participante

      As fotos me remetem a dias de luta melhores. Pq vamos conseguir caminhar dessa vez

    • #7312
      Leilane
      Participante

      A forma como as pessoas se organizam para fazer política e Fazer história. Polarizacao atual do nosso pais.

    • #7317
      jkohari
      Participante

      Penso que as imagens são simbólicas para se pensar os caminhos da democracia no Brasil contemporâneo. Após um grande avanço da extrema direita no Brasil, que ganhou inclusive as ruas, conseguimos eleger um governo mais progressista, porém, a reação conservadora foi imediata, com os atos golpistas em Brasília, o que prova que a democracia ainda corre riscos no Brasil atual.

    • #7318
      Karinamm
      Participante

      O excesso de polarização afeta também a busca por soluções para problemas da sociedade. Um debate polarizado impede as análises profundas e cheias de nuances que questões complexas das quais vivemos hoje em nosso país

    • #7320
      Amandafms1905
      Participante

      Acredito que a polarização que se instaurou desde as eleições de 2014 dificultou o diálogo sobre o que é a democracia e seu fortalecimento nos anos seguintes culminando no golpe de 2016 e a ascensão do governo da ultradireita em 2018.

    • #7326

      De um lado eles, do outro nós,. Mas eles também são nós (ou pelo menos a maioria deles). A ideologia dominante faz com que pensem que não são…. De um lado uma proposta que conservaAdor. Será que o inimigo sabe o que está pedindo? Do outro, por pouco, por muito pouco, vencemos. Alívio imediato, um respiro, coração transbordando de esperança e um País inteiro pra reconstruir!

    • #7332
      Simony
      Participante

      As duas fotos retratam a diferença de comportamentos e disputas por poder e domínio.
      As primeiras fotos retratam um cenário de destruição e guerra.
      As duas posteriores retratam a ordem e esperança com consciência social e igualdade.

    • #7333
      Vanessa Prates
      Participante

      Apesar das fotos estarem invertidas cronologicamente, pois elas iniciam com as imagens do dia 08 de janeiro de 2023, quando a barbárie tomou conta de Brasília e terminarem mostrando a posse mais bonita já ocorrida no nosso país no dia 01 de janeiro de 2023. Meus pensamentos ficam seguem a ordem cronológica, onde após toda a felicidade e esperança trazida com a posse foi destruída com o vivenciado na semana seguinte. Meus pensamentos seguem em uma mistura de decepção, desesperança e revolta. Sempre soube que a volta de um partido e políticos mais alinhados a esquerda seria difícil e sofrida, mas o que o neoliberalismo e o conservadorismo fez com este pais é decepcionante. Apesar disso, sei que é o momento de aproveitar o espaço que temos atualmente no executivo, correr atras de reestabelecer os direitos violados e caídos durante os últimos 06 anos e não desistir, jamais

    • #7338
      carollq
      Participante

      Eu acredito que essa chamada polarização sempre foi recorrente na história do Brasil, se trata da luta de classes que foi ganhando contornos, demarcada pelas determinações múltiplas da sociedade. Esse conflito se amplia e ganha mais forma com o atual estagio dos aparatos ideológicos, como as novas formas de politização e despolitização através da internet, o que ameaça os caminhos democráticos, ainda fragilizados no país. Com a retomada de um governo que se propõe democrático, é possível deslegitimar movimentos reacionários, contudo, se não houver um fortalecimento das demandas sociais, a partir da mobilização do povo nas ruas, com o movimento feminista fazendo frente aos interesses reais das mulheres trabalhadoras, esse novo governo pode servir aos interesses do mercado financeiro, como fez recentemente com a aprovação de uma medida de austeridade, o arcabouço fiscal. Dessa forma, o povo que subiu a rampa junto com o presidente, desce a fortes pentadas violentas.

      • Esta resposta foi modificada 4 meses atrás por carollq.
    • #7339
      carollq
      Participante

      Eu acredito que essa chamada polarização sempre foi recorrente na história do Brasil, se trata da luta de classes que foi ganhando contornos, demarcada pelas determinações múltiplas da sociedade. Esse conflito se amplia e ganha mais forma com o atual estagio dos aparatos ideológicos, como as novas formas de politização e despolitização através da internet, o que ameaça os caminhos democráticos, ainda fragilizados no país. Com a retomada de um governo que se propõe democrático, é possível deslegitimar movimentos reacionários, contudo, se não houver um fortalecimento das demandas sociais, a partir da mobilização do povo nas ruas, com o movimento feminista fazendo frente aos interesses reais das mulheres trabalhadoras, esse novo governo pode servir aos interesses do mercado financeiro, como fez recentemente com a aprovação de uma medida de austeridade, o arcabouço fiscal. Dessa forma, o povo que subiu a rampa junto com o presidente, desce a fortes pentadas violentas.

    • #7361
      Maurice Silvestre
      Participante

      Penso que nossa democracia foi conquistada com muita luta e com muita dor, as forças que são contrarias a ela estão sempre tentando enfraquecer e exterminar essa luta. Precisamos estar sempre atentos, pois eles estão extremamente fortalecidos e dispostos a nos tirar a democracia a qualquer custo. A polarização que foi fomentada pelo governo anterior só interessa a eles, nós não podemos alimentar.

    • #7385
      Anaiza de Sousa
      Participante

      Penso que, tivemos uma luta muito grande para chegarmos num Estado democrático de direitos, ainda temos muito que avançar. E é lindo ver essa diversidade posta numa posse de um presidente, no entanto, me preocupa essa polarização sem medidas que cada vez mais nos distancia do progresso e garantia dos direitos. Temos que estar atentos e mais informados.

Visualizando 36 respostas da discussão
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.